Por que contratar um planejamento tributário?

Para começar esse assunto é necessário esclarecer o que é o planejamento tributário: é um estudo minucioso no qual o profissional analisa alternativas éticas e legais para: minimizar/evitar incidência de determinado tributo; postergar o pagamento de tributos, sem incidência de multas; reduzir o montante de tributos, reduzindo a base de cálculo ou a alíquota, visando, portanto, a redução dos custos fiscais para a empresa.
Tem por base a verificação da legislação vigente, analisando os benefícios fiscais aplicáveis ao ramo da empresa, praticando assim a elisão fiscal, mecanismo permitido por lei (diferente da evasão fiscal que é conhecida popularmente como sonegação de impostos).
Em um país, como o Brasil, que possui hoje quase 100 tipos diferentes de tributos é essencial que a empresa verifique e invista no planejamento tributário, sendo este vital para a continuidade do negócio.
Dada a quantidade de tributos existentes e a dificuldade para o acompanhamento das alterações legislativas, um profissional capacitado faz toda a diferença, de modo que esse seja um parceiro do seu negócio, logo, o planejamento tributário é uma forma jurídica, permitida para que a empresa economize valores que seriam destinados aos cofres públicos, podendo reaplicá-los onde houver necessidade, internamente.
Dito isso, é necessário que comecemos a pensar que o dinheiro investido no planejamento tributário (note que usei a palavra investir e não gastar, pois é um investimento que gerará muita economia interna) é algo que tem se tornado cada vez mais indispensável para empresas que querem crescer mesmo diante da crise que temos vivido nos últimos anos.
Como exemplo, iremos considerar duas empresas:
Empresa A: atuante no ramo de comércio, com faturamento fictício anual de R$ 3.000.000,00
Empresa B: atuante no ramo de manutenção de máquinas, com faturamento fictício de R$ 1.800.000,00
Analisando somente a alternativa de enquadramento fiscal, que erroneamente, as pessoas tendem a pensar que o Simples Nacional é sempre mais vantajoso, te mostro abaixo, que esse pensamento é totalmente equivocado!

Empresa A Tributos recolhidos
Lucro Presumido R$ 237.900,00
Simples Nacional (alíquota aplicável 11,32%) R$ 339.600,00
Economia R$ 101.700,00
Empresa B
Lucro Presumido R$ 327.540,00
Simples Nacional (alíquota aplicável 13,68%) R$ 246.240,00
Economia R$ 81.300,00

Para a Empresa A o Lucro Presumido se mostrou mais vantajoso, gerando uma economia de R$ 101.700,00 MENSAIS, ou seja, R$1.220.400,00 no ANO!!!
Por outro lado, o Simples Nacional é mais vantajoso para a Empresa B, gerando uma economia mensal de R$81.300,00 e R$ 975.600,00 no ANO!!!
Em suma, o planejamento tributário gera uma economia real para a sua empresa, contate-nos e saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *