Contratação de outsourcing de impressão

Se você leu esse tema e ficou se perguntando, “que raios é esse?” fique calmo, que antes de entrar na parte jurídica, vou contar um pouco o que é e como funciona o famoso aluguel de impressoras.

Antigamente, empresas de pequeno, médio e grande porte, eram “obrigadas” a ter em seus escritório impressoras, scanners, os extintos fax, ou seja, uma infinidade de aparelhos para atender a demanda diária, mas, como a tecnologia está do nosso lado, começaram a aparecer empresas que fazem outsourcing de impressão, que, nada mais é, que uma empresa terceirizada que cuida de toda essa parte para você (empresa).

Com a aparição das empresas que fazem a locação de impressoras, ficou muito mais fácil para os empreendedores focarem no core de seu negócio, isso, porque, antes teria que pensar em manter insumos das máquinas, pessoa especializada para fazer a manutenção tanto preventiva quanto corretiva, além de ter algumas peças para trocas rápidas, ou, em casos mais extremos ficar sem os aparelhos até seu conserto em local especializado, podendo gerar um caos no andamento da empresa. Mas, agora, tem apenas que se preocupar em contratar uma empresa especializada nesse tipo de serviço, uma empresa séria que pode oferecer o plano mais adequado para cada empresa.

Entendido, o funcionamento dessa terceirização, o que será que temos que levar em conta ao contratar esse tipo de serviço?

Primeiro, é essencial verificar a empresa que será contratada, isso pode ser feito olhando as avaliações do google, reclame aqui e até mesmo uma busca mais ampla em sites de pesquisas, que já te darão uma boa base se optar ou não por essa contratação.

Além disso, as empresas mais sérias oferecem um serviço personaliza, analisando as impressões feitas, determinação de impressão por usuário, armazenamento de documentos escaneados já na nuvem, tudo para facilitar o dia-a-dia.

Quanto a parte jurídica, do contrato em si, fique atento para as disposições do uso de equipamentos modernos, se há máquina reserva, caso a principal tenha que ser consertada fora do escritório, qual o prazo mínimo do contrato, se há multa de rescisão antecipada, como serão calculados os gastos, se serão feitas manutenção preventiva e corretiva, como e com que frequência.

No mais, escute as propostas e veja o que é melhor para sua empresa, assim, você fará um contrato consciente e seguro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *